Entenda a diferença entre véu, casquete e mantilha

Entenda a diferença entre véu, casquete e mantilha

Eba!!! Um dos posts mais visualizados aqui do blog virou vídeo. Yeahhhh! Muita gente pediu e nós achamos bacana falar sobre esse assunto mais uma vez. Afinal de contas, a gente sabe que nosso público é cíclico e as novas noivinhas de plantão podem ter essa dúvida. Você sabe a diferença entre véu, casquete e mantilha? Vem descobrir com a gente!

Vestido de noiva retrô

Vestido-da-segunda

O “Vestido da Segunda” voltou!!! Ebaaaa! Isso significa que, quinzenalmente, às segundas, trarei novas inspirações de vestidos de noiva, diretamente das passarelas, casamentos reais, blogs internacionais, estilistas consagrados, etc… Todas as tendências, os estilos, e as dicas (com técnicas) de como usar cada um deles! Bom, né? 😉

E para reestrear, que tal o charme nostálgico do vestido de noiva retrô? O passado está mais presente do que nunca, especialmente na moda noiva. O interessante dessa pegada antiguinha é que ela agrada a todos os estilos, assim como pode ser adaptada entre eles, desde o mais romântico até o rock.

Já que o verão vem chegando, selecionei inspirações de vestidos curtos e vintage – bem ao clima do new look da Dior da década de 50. A tendência é usar o comprimento midi, aquele que fica alguns dedos após o joelho (ou muitos dedos – rs). Tal comprimento é um dos mais retrôs, afinal, quem não lembra da saia da vovó quando vê saias depois dos joelhos? Por isso mesmo, ele está super em alta, tanto na moda, quanto na festa.

O volume da saia é grande, ao estilo bailarina. A característica do retrô ‘cinquentinha’ é justamente a feminilidade – e saias volumosas são a tradução do feminino em roupa. O tule é um dos tecidos mais usados, por ser um dos que mais adiciona volume. Mas também pode-se usar crepe, musseline e outros materiais fluidos, com uma boa anágua embaixo.

Falando em anágua, mais uma inspiração: que tal anáguas coloridas?? Para quem tem um estilo vintage, mas adora fazer contrastes e adicionar modernidade, elas são uma aposta certeira. A que eu mais admiro é a vermelha – acho super ousada, com personalidade e super contrastante com o branco. Além de ser uma cor clássica, claro! Combine com sapatos da mesma família da cor da anágua, e pronto: temos uma noiva retrô-diva-fashionista! <3

Mas será que qualquer pessoa pode usar essa tendência midi volumosa? Infelizmente, não! 🙁
O biotipo ideal para vestidos midi é a mulher magra e alta, não tem jeito. As mais baixinhas aparentam ficar ainda mais baixas com esse tipo de comprimento – portanto, fujam! Quem tá acima do peso também sofre, pelo mesmo motivo de diminuir a silhueta – parecem menores verticalmente e maiores horizontalmente.

Poxa, então não dá para usar a moda retrô que a gente tanto falou??? Claro que dá! Basta adaptar para o seu biotipo: baixinhas – podem usar até o volume, porém em vestidos curtos, ou seja, acima do joelho, para não cortar muito a silhueta (e com saltos mega altos, por favor!); gordinhas – não devem exagerar no volume da saia e também devem atentar para usar o comprimento até o joelho, no máximo; altas – podem festejar e usar o comprimento midi, quase maxi, porque essa silhueta só valoriza seu biotipo! 😉

Dicas:

– Você até aprecia o estilo retrô-midi, mas não quer ousar tanto no modelito do grande dia? Aposte no vestido cinquentinha para o casamento civil então! Ou até mesmo para o jantar de noivado. Vai ficar lindo e você poderá se ver de noiva em comprimentos diferentes!

Os acessórios devem seguir o estilo que você deseja imprimir junto com a pegada vintage. Por exemplo, uma noiva mais rock ‘n’ roll deve investir em sapatos com spikes ou faixas de cores que remetam ao mundo do rock. Caso queira manter a linha antiguinha, procure casquetes, voilettes e acessórios delicados.

Sapatos coloridos dão “O” arremate em vestidos curtos!! Eles passam a ser protagonistas junto com o vestido, afinal, super aparecem! Note que em quase todas as inspirações de noivas reais e de editoriais que aparecem abaixo, os sapatos são coloridos, diferentes, estampados e originais! Mas não se esqueça que ocasiões especiais pedem sapatos especiais, ou seja, feitos por quem se preocupa com o conforto acima de tudo e entende a necessidade deste momento mágico na vida de uma mulher! 😉

Vamos então às inspirações do vestido de noiva retrô? Espero que curtam:

vestido-de-noiva-retrô-década-de-50-new-look-dior-anágua-colorida_0022vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0021vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0020 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0016 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0017 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0015 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0019 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0013 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0011 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0012 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0010 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0009 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0004 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0001 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0008 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0007 vestido de noiva retrô década de 50 new look dior anágua colorida_0003

Casquete, mantilha e véu – o que faz a sua cabeça?

Você sabe qual a diferença sobre esses acessórios de cabeça – casquete, mantilha e véu – que ajudam a compor o look da noiva? Porque entendendo o que é cada um, fica mais fácil escolher o que melhor combina com o seu vestido e gosto pessoal. Estes são os acessórios que podem ou não complementar outros acessórios de penteado, como grinalda, fascinators, flores, tiaras, coroas e etc. Os arranjos de cabelo e suas nomenclaturas também rendem assunto para um próximo post. 😉

A casquete é uma versão menorzinha de um chapéu e é usada de lado na cabeça. Para quem vai organizar um casamento com pegada retrô ou vintage, e apostar num visual antiguinho, ela se encaixa perfeitamente! E ainda pode ser adornada com um voilette, aquele véu de trama bem aberta que cobre um pequeno pedaço do rosto da noiva e é super vintage. Aliado a plumas e e flores, a casquete pode ganhar ares mais moderninhos e se confundir com fascinators, mas a estrutura chapeleira da casquete é a que a classifica como tal. Ela tende a ser mais durinha e maior, inspirada em um chapéu de verdade.

casquete alegria barbara heliodoracasquete
Fotos: 1 e 2 – Bárbara Heliodora | 3 e 4 – Fontes não identificadas

A mantilha foi sucesso entre as mulheres nos anos 20. Linda, traz todo um ar de romantismo e delicadeza para as noivas, além de certo tradicionalismo e elegância. Por ser rendada (toda ela ou apenas na borda) e mais pesada que os véus tradicionais, em geral a mantilha é presa mais perto do rosto. Mas nada impede que ela seja colocada como um véu, desde que com uma grinalda um pouco mais resistente e bem firme no penteado.

mantilha rosa clara 2 mantilha pronovias véu style me pretty
Fotos: 1- Rosa Clara | 2- Style me Pretty | 3- Pronovias | 4 e 5- Rosa Clara | 6- Style Me Pretty | 7- Outerinner

O véu é, sem dúvida, a primeira escolha de muitas noivas. Principalmente porque hoje a oferta de detalhes e incrementos para os vestidos é muito grande e a maioria prefere focar a atenção em um detalhe só. Se o vestido for muito trabalhado, um véu liso de tule pode casar muito bem! Os véus podem ser longos, médios ou curtos (na série consultoria de estilo eu falei muito sobre eles, relembre aqui) e a escolha deve levar em consideração o seu estilo e o estilo do casamento.

véu via style me pretty (Conflito de codificação Unicode)
Fotos: Style Me Pretty | Internovias

Agora que já esclarecemos as diferenças sobre os três acessórios de penteado de noiva, algumas dicas para ajudar vocês na escolha:

1 – A primeira dica é a mais importante: você deve escolher o acessório de acordo com o seu estilo pessoal. Não adianta investir em uma mantilha toda trabalhada na renda se você é minimalista e todo o seu casamento segue essa tendência. Se você for moderna e seu casamento multicolorido, por que ser clássica no cabelo?

2 – A casquete já foi tendência, muito usada nos anos 20, e hoje aparece forte em casamentos com perfume antiguinho. É ideal para noivas com rosto mais afinado, mas se bem posicionada e com o penteado certo, fica perfeita em qualquer tipo de rosto. Um coque volumoso na mesma lateral da casquete é romântico, vintage, mas com toque de modernidade. O horário do casamento também deve ser levado em consideração. As casquetes combinam mais com eventos diurnos, ao ar livre, e não casam com uma noiva clássica, que troque alianças em uma igreja com nave comprida.

3 – O véu é o maior dos clássicos! Eu mesma me casei de véu e não abriria mão – só me senti noiva com ele. O véu vai bem com qualquer tipo de rosto e corpo. Só é preciso decidir sobre o tamanho e o conforto. Mas também é verdade que o véu longo é perfeito para casamentos clássicos, com pompa e circunstância. Na maioria dos casos, independente do tamanho, o véu é liso e feito de tule. Mas atualmente há uma forte tendência de véus mais elaborados e com algumas aplicações. Nesse caso é melhor avaliar se o vestido já não contem informação suficiente e só depois decidir pelo modelo que mais agrada você.

Para ver as diferenças entre os tipos de véu e qual comprimento usar, não deixe de conferir o post “Véu: usar ou não?” da série de Consultoria de Estilo aqui do blog, clicando aqui! 😉

Até às próximas dicas!

Casamento no inverno – Inspiração diretamente da Austrália

Finalmente o inverno começou oficialmente! A temperatura mais amena e o por do sol precoce desta época do ano rendem cenários lindíssimos. Em tempos de Copa do Mundo, então, onde um caldeirão de culturas invadiu nossa praia, não podia deixar de mostrar o quanto a diversificação é legal na hora de se inspirar. Por isso, trouxe um casamento no inverno australiano, com um clima parecido com o nosso, fresco e aconchegante, recheado de referências originais, para estrear a seção de casamentos da estação!

Uma das tendências mais interessantes a se adotar em casamentos invernais é o uso de tons sóbrios ou escuros para a decoração, especialmente os tons bordô! Vermelhos, vinhos e quase roxos dão uma vida inexplicável a cerimônias realizados em climas frios. Aparentemente, são cores difíceis de misturar, porém, são extremamente fáceis e de intenso requinte! Experimente salpicar tons de dourado por cima, e pronto: seu casamento causará muitos “uaus” em todos os convidados!

Outro item típico do inverno que as noivas podem incorporar sem medo é o casaco! Sim, um agasalho, seja ele casaco de tricot, bolero, pele ou casaqueto, adiciona um charme único. Além de garantir excelentes fotos de making of e de namoro do casal, o casaco pode traduzir ainda mais a personalidade da noiva, através da escolha da cor e do material, acrescentando uma atmosfera intimista no look completo. Não precisa nem mencionar que ele ainda aquece! Uma pena que eu esqueci deste item quando casei!

O casamento-inspiração de hoje foi realizado em uma fazenda, naquele clima bem rústico-vintage que nós amamos! Aliás, este casório é recheado de referências incríveis, como a decoração da cerimônia – com cadeiras diferentes para os convidados; a decoração da bancada do DJ – tem até vinil enfeitando o lado da bancada virada para a pista de dança; o vestido da noiva – chique, rosa-blush e cheio de brilho sim, mesmo à luz do dia, porque é lindo e PODE; a troca da grinalda da noiva – o primeiro arranjo era uma casquete, que foi bem substituído por uma tiara de flores (em pleno inverno – quem disse que não pode?); dentre mil outros detalhes encantadores ao longo das fotos!

Outra coisa super interessante da união de Em + Mick foi a dica da noiva: “Antes do casamento, as pessoas viviam dizendo para não nos estressarmos. Este é o pior conselho para uma noiva; é simplesmente impossível! Eu apenas diria que, no dia, o plano funciona bem sem nossa intromissão. Há tantos momentos incríveis para saborear no dia do seu casamento. A última coisa que você vai querer fazer é se preocupar com os pequenos detalhes.” Pensou que você era a única noiva estressada do mundo? Bem vinda ao clube! 😉

Mas agora chega de estresse! As fotos de Lara Hotz são absolutamente lindas e transmitem muita inspiração! Impossível não gostar, não se encantar e não querer “copiar” para o próprio casamento:

buquê inverno vinho bordô peônias rádio vintage casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography buquê vermelhos bordô inverno casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography vestido de noiva brilho sapato casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography vestido de noiva rosa blush brilho casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography_0008 buquê exótico vermelho vinho bordô casamento inverno austrália casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography_0010 decoração altar cadeiras diferentes convidados vintage sítio fazenda arranjo floral corredor nave decoração altar diferente rústico vintage lindo incrível sofá decoração altar portas vintage sofá casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography_0015 decoração nave tapetes persas casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography_0017 casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography_0018 casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography_0019 casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography_0020 foto noivos maravilhosa vintage confetti inverno vestido de noiva casaco inverno pele vestido de noiva casaco cardigan pele casamento no inverno buquê vermelho e vinho decoração caixote feira decoração caixote feira casamento inverno rustico vintage decoração mesa convidados sítio rustico vintage decoração mesa convidados sítio rustico vintage decoração mesa convidados sítio rustico vintage decoração mesa convidados sítio rustico vintage decoração mesa convidados sítio rustico vintage decoração mesa convidados sítio rustico vintage decoração mesa convidados sítio rustico vintage casamento gambiarras sítio rustico vintage coroa de flores inverno vermelhas casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography_0039 bolo de casamento peônias casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography_0042 casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography_0043 casamento no inverno rústico vintage sítio Austrália Em Mick Lara Hotz Wedding Photography_0044

Ficha Técnica:
Publicação original: Green Wedding Shoes | Fotografia: Lara Hotz | Local: Montrose Berry Farm Sutton Forest, Australia | Decoração: She Designs | Design floral: Jardine Botanic Floral Styling | Vestido de noiva: Rachel Gilbert customizado por Heavenly Collections | Casquete e tiara: Heavenly Collections | Sapato: Kate Spade | Penteado: Annie Johnson | Maquiagem: Powderpuff Makeup Artistry | Roupa do noivo: Ted Baker and R M Williams | Filme: High Tea Films | Papelaria: Starry Nights Paperie | Buffet: PB Catering | Bolo: Alison Lawson Cakes | Música: We Play Records | Alianças: Erstwhile Jewelry and Meege Louise | Carro: The Vintage Factory | Celebrante: Sue Jackman